Publicidade

terça-feira, 24 de maio de 2011 música | 11:42

Bob Dylan, 70

Compartilhe: Twitter

Bob Dylan completa 70 anos neste 24 de maio.

Dylan em 1962

A data motivou o iG a produzir material para ilustrar a importância de Dylan para a cultura pop (e não apenas pop). Quais as 20 canções mais emblemáticas do cantor? Aqui estão nossas escolhas (junto com as dez piores, em lista feita pela americana “Time”). O autor de “The Times They Are A-Changin”  extrapola a música – é analisado e reverenciado em livros e filmes, inclusive com mostra a ser exibida em São Paulo. E, entre alguns dos fatos curiosos de sua extensa carreira, está o de ter sido o Brasil o único lugar a ver Dylan e Rolling Stones tocando juntos “Like a Rolling Stone”.

*****

Bob Dylan é questão de fé. Seus fãs assistem aos shows como ritos de passagem. Escutam suas canções com a certeza de que, ali, têm alguém em quem ACREDITAR. Dylan, sabe-se, sempre recusou o papel de ídolo. Nunca propagandeou suas letras (pelo contrário, sempre refutou significados atribuídos a elas); nunca marquetou sua imagem; nunca alavancou discos e shows com a ajuda de entrevistas ou aparições em TV.

Para muitos (me incluo nessa), os grandes momentos de Dylan estão em seus primeiros 15 anos de carreira. Entre os 1960 e meados dos 1970, era ele quem melhor traduzia em música as transformações sociais e de costumes. O mundo mudou, e Dylan mudou (à sua maneira) com o mundo. Nos últimos anos, temas como morte, desolação e solidão permeiam suas canções.

Não é uma carreira constante. Pode-se argumentar que os anos 1980 foram duros com Dylan, que outros artistas representam de maneira mais apropriada os dias de hoje, mas isso pouco ou nada importa para quem é fã de Dylan. Porque (pego emprestado uma definição deste texto): Ser um fã de Dylan significa estar em uma viagem, e essa viagem nunca termina.

Abaixo, Johnny Cash em “Don’t Think Twice, it’s Alright”.

Autor: Tags:

15 comentários | Comentar

  1. 65 lemos 25/05/2011 12:41

    “forever young” para todo o mundo!!

  2. 64 Alfred Delatti 25/05/2011 11:42

    God bless you Bob !

  3. 63 Guilherme Fiat Lux 25/05/2011 10:34

    Grande Tiago,
    Belo comentário!
    E salve os Bobs!!!
    Abs

  4. 62 luciano 25/05/2011 10:05

    Vcs têm razão, Sidney e Nils. Dylan é um babaca. Esperto são vocês e idiotas são John Lennon, Lou Reed, Paul McCartney, Jimi Hendrix, etc…..

  5. 61 joel pinheiro 25/05/2011 6:25

    Falar mal do bardo Bob Dylan é uma atitude tão abestalhada quanto falar bem do bardo Bob Dylan. Bob Dylan já não precisa que falemos dele, mal ou bem. O melhor é ouví-lo.

  6. 60 vania maria ferreira 24/05/2011 21:39

    Dylan tem algo inexplicável, além de seu talento. É isto que o mantem sempre no presente.
    Acho suas músicas lindas, porém ele as repete em muitos disco.

  7. 59 Roberto Fonseca 24/05/2011 19:20

    O super politizado cantor norte-americano Bob Dylan foi um dos maiores idolos populares quando iniciou a sua carreira há algumas décadas atrás. Hoje, no topo da sua longevidade e com maior sabedoria e discernimento do que se passa nesse planeta, continua sendo idolo para a juventude americana e para as demais juventudes de outros paises que apreciam músicas que chamam a atenção daqueles que têm as rédeas do poder público em suas mãos. Espero que ele vivava mais anos e que repasse, através das suas interpretações, o que há de melhor da sua parte.
    RF

  8. 58 ADVOGADO DO DIABO 24/05/2011 17:54

    Dylan e um cara meio estranho….,as suas musicas são belas e marcaram epoca…..mas ja esta na galeria dos grandes compositores do rock…..aos fans so resta agradecer a esta figura chamada Bob Dylan…..

  9. 57 rubens toledo 24/05/2011 17:19

    nils

    você é sua geração? Quanta arrogancia…

    sidney

    tu é que é ricdiculo, cara. Vai estudar. Aprenda a tocar um instrumento. Leia um pouco de poesia. Quem sabe melhora a sua prepotencia e seus preconceitos.

    O Dyla é a cara de uma era. Que azar (ou sorte…, pra caras como voces) não estarem por lá.

  10. 56 João Alberto Afonso 24/05/2011 16:01

    O que mais me impreciona é o fato de dois de meus flhos, um com 16 e o outro com 13, serem faz absolutos desse magistral cantor, inclusive o achando bem acima da média de outros tantos astros.

  11. 55 sergio 24/05/2011 15:17

    Parabens ao Dilan chegar aos setenta anos vivo e bem, mas se os anos 80 foram duros pode até ter sido mas o som que ele fez nos anos 80 foi demais acho que pra compensar a dureza , aquela coisa do blues se vc esta com problemas faz um blue, ele deve ter feito isso porque esteve no Palace no começo dos anos 90 e fez um show fantástico, depois voltou com os stones foi otimo tambem .

  12. 54 Luiz Augusto Lima 24/05/2011 14:57

    Dylan é meio mala, mas fundamental para a música. Isso sem falar no episódio no qual apresentou a maconha aos Beatles, em 1964, em Nova York, e no papel de inspirador de John Lennon, em especial. Músicas emblemáticas de Lennon, como “You Gotta Hide Your Love Away” são claramente inspiradas em Dylan. Abraços.

  13. 53 sidney 24/05/2011 14:01

    Quanta besteira, este sujeito nunca trouxe nada de bom para a sociedade e muito menos suas musicas rídícula, e vamos classificar como os que acham que este sujeitinho de nada é alguma coisa.

  14. 52 Nils Peter 24/05/2011 12:43

    Bobagem. Dylan não tem nenhuma grande influência musical para a minha geração. Nunca tive nada dele e nunca fui à casa de alguém que estivesse ouvindo-o. É messianismo. Johnny Cash é mais interessante.

  15. 51 Fal Filier 24/05/2011 11:55

    Dylan é demais. Imortal….

    Vejam o único tributo brasileiro ao grande poeta (www.myspace.comthetambourinemen).

  1. ver todos os comentários

Os comentários do texto estão encerrados.