Publicidade

quinta-feira, 15 de setembro de 2011 música | 14:19

Jay-Z e o dubstep

Compartilhe: Twitter

Aonde o dubstep vai parar? Depois da Britney Spears, até o Jay-Z está nessa.

Se a música eletrônica hoje soa inovadora, inquieta e relevante, o dubstep tem grande culpa nisso.

No Reino Unido, nomes como Burial, Skream, Rusko e Benga são grandes. Em 2010, vi Benga e Rusko no Creamfields, gigantesco festival em Liverpool, e os dois fizeram os dois sets mais quentes do evento.

Parente próximo do drum’n’bass, o dubstep pratuicamente não tem melodia nenhuma; é feito de batidas quebradas, sincopadas, que criam um tom escuro, enfumaçado. Começou a se aproximar do pop com o trio Magnetic Man, formado por Benga, Skream e Artwork.

Depois veio a Katy B., qu apareceu em 2009, com 20 anos, apadrinhada pela rádio comunitária londrina Rinse FM. Katy B. empresta sua voz na ótima “Perfect Stranger”, do Magnetic Man.

Aí veio a Britney Spears. Ela pediu ajuda aos superprodutores Dr. Luke e Max Martin para a música “Hold It Against Me”. A dupla colocou (meio timidamente, é verdade) na faixa um trecho de dubstep (ouça aqui; o dubstep entra a partir de 2min20).

Bem, agora o rap se aproxima do dubstep. J. Cole, rapper sob o guarda-chuva do Jay-Z, acaba de soltar “Mr. Nice Watch”. A música, na qual Jay-Z empresta alguns versos, é praticamente inteira feita em cima de batidas de dubstep.

Autor: Tags: ,

4 comentários | Comentar

  1. 54 Rafael 07/10/2011 23:15

    Mário meu caro, fácil perceber q você além de ter um nível intelectual baixíssimo não entende nem sequer faz a mínima idéia do q seja música eletrônica, especificamente DUBSTEP, percebe-se isso pelo seu comentário porco e de extrema ignorância quase q selvagem, um verdadeiro analfabeto da música!!! Primeiro Dubstep é carregado de melodias sim, não se engane por esse exemplo postado acima, na minha opnião magnetic man nunca representara´o dubstep, fraco, eu amo esse estilo e posso lhe afirmar q o Dubstep tem dezenas de variáveis e estilos de produção, vc acha dubstep pesado, com sentimento de vingança, bass pesado, e na outra ponta vc acha dubsteps q paracem chill out, existem música de dubstep tão emocionantes e com melodias tão emotivas e fortes, q eu já derramei uma lágrima escutando certa música, pois lembrei da minha mãe q faleceu a pouco tempo, tem dubstep pra quando eu to apaixonado, pra quando eu to c dor de cotovelo, tem dustep p tudo, p quando eu to com raiva e quando eu to feliz, mas provavelmente vc nunca conhece-rá como eu conheço uma vez q vc não gosta e não busca conhecer os produtores e suas obras q são milhares. Vc provavelmente gosta de rock, essa é a formaçãoo musical de muitos produtores d dustep tbm, pq ninguem cresceu escutando musica eletrõnica eu acredito,pelo menos da geração passada até esse agora, pois isso mudará, as pessoas descobrem música eletrônica e se apaixonam como foi o meu caso q sempre gostei de rock, mpb e samba antigo(influenciado pelos meus pais). Tendo isso em vista vc deveria saber q grandes nomes do dubstep de hj então trabalahndo em conjunto com bandas de rock, até as mais clássicas como o The Doors estão com um projeti junto com skrillex, o Korn tbm vai lançar um álbum em parceria e outras mais, inclusive o dubstep tem tirado muitas bandas d rock e até metal daquele som previsível e velho de sempre com os remixes feitos pelos produtores de dubstep. Portante sr Mário, estude um pouco mais leia um pouco mais sobre o assunto antes de soltar uma opnião de tamanha miudesa intelectual e de extrema ignorância, para se fazer uma música eletrônica(produzir), é preciso além de ter o talento ser Inteligente, concentrado, dedicado, saber de música, esclas, tons etc, conhecer a textura, conhecer a música eletrônica, não é só chegar e jogas um ”sonzinho” atrás como vc disse, os arranjos e melodias e mais o bass’s pesados são extremamente e minuciosamente contruídos com perfeição em programas de última geração nada fáceis de serem usados, exige muito esforço cerebral, coisa q vc muito provavelmente não conseguiria fazer……Tenho 22 anos, sou apaixonado por musica eletrônica, especificamente o DUbstep, e logo pretendo começar a produzir, estou lendo e estudando para isso, resaltando q acima de tudo é nescessa´rio talento e amor. T cuida ai john.

  2. 53 Bruno Belluomini 16/09/2011 13:02

    Concordo Thiago! Se tem uma coisa que o Dubstep de verdade se apoia é o grave… Sem grave não é Dubstep… Melodia não é o foco da cena mesmo… Embora existam bons artistas – como citei – que produzem faixas mais melódicas ou mais recheadas de arranjos expressivos… O Dubstep é uma sonoridade urbana feita para basements escuros equipados com bons sound systems… Só assim para poder experimentar sua principal característica: o grave de verdade… Aquilo que faz as entranhas tremerem como gelatina…

  3. 52 Mario 16/09/2011 12:49

    com este dubstep a “musica” internacional esta chegando no que se faz no Brasil a MUITO TEMPO – musica sem musica – só texto e um somzinho atrás para parecer que é musica. Sinto muito – isto NÃO É MUSICA. É o problema que a musica brasileira sempre teve – so tem letra! Bem, se só tem letra, pode ser na melhor das hipóteses, poesia – MUSICA NÃO É!!! Musica tem que ter melodia e não só letra. Até agora este comentário pegou leve – agora sim vem a parte polêmica – EM MINHA OPINIÃO – quanto menos melodia uma “musica” tem, menos informação ela tem. Quanto menos informação ela tem, mais fácil ela é de se entender. E quem precisa de “musica” fácil de entender ? Pessoas que não possuem alto “nível intelectual”. A pessao NÃO tem que pensar para escutar a “musica”. Quantas pessoas gostam de música clássica? poucas. Quantas pessoas gostam de pagode, rap e outras opções semelhantes -inclusive esta? muitas.

  4. Thiago Ney 16/09/2011 12:39

    oi, bruno. melodia num sentido mais amplo. dubstep não é música que se apoia em melodias, como o trance ou mesmo a house. abs

  5. 51 Bruno Belluomini 16/09/2011 12:25

    Dubstep tem melodia sim! Burial, Digital Mystikz, Silkie e Von D são bons exemplos… Valeu!

  1. ver todos os comentários

Os comentários do texto estão encerrados.