Publicidade

terça-feira, 29 de janeiro de 2013 música | 18:07

O funk globalizado de Zuzuka Poderosa

Compartilhe: Twitter

Foto: Dave Lichterman

Zuzuka. Poderosa.

Zuzuka Poderosa nasceu no Espírito Santo, filha de pai indonésio, morou no Rio de Janeiro e hoje faz funk carioca em Nova York.

Com um currículo globalizado, Zuzuka não apareceu agora. Aos 31 anos, já cantou com Marcelo D2 e Mr. Catra e atualmente investe na carreira de MC diretamente do Brooklyn, onde mora.

Acaba de soltar um EP, “Carioca Bass”, que traz duas faixas: “Seda” e “Psicodelia”. Além das versões originais, vem com remixes de Nego Moçambique (Brasil), Chrissy Munderbot (Chicago), Sonora (San Antonio), Jubille & Burt Fox (Miami), HxdB (Canadá) e CEE (Malásia). O EP sai pelo selo norte-americano Little Owl.

Abaixo, os remixes de Nego Moçambique (para “Psicodelia”) e Jubille & Burt Fox (“Seda”).

Autor: Tags:

3 comentários | Comentar

  1. 53 ivan 30/01/2013 5:25

    PRA QUEM GOSTA DE LIXO……….EIS UM BOM PRATO.

  2. 52 luis carlos 29/01/2013 23:58

    concordo…

    infelizmente a mediocridade atingiu niveis insuportaveis e toca balança a buzanfa pra todo mundo ouvir…

  3. 51 zé cejames 29/01/2013 22:19

    Funk???????????????????????????????????????? Funk para mim é George Clinton , Grandmaster Flash , Sugarhill Gang , Kool & the gang , Kurtis Blow , etc…. Isso não é funk , nunca será. A música americana como a nossa , está morrendo , seus representantes atuais não têem nada a dizer , só ostentação e palavrões gratuitos. O rap não passa nem perto dos cantores pop do passado , como Marvin Gaye , Michael Jackson , Prince , Earth Wind & fire , Steve Wonder , Ray Charles , etc…..não tentem me convencer que estes rappers representam a música negra , eles na verdade envergonham a música negra.

  1. ver todos os comentários

Os comentários do texto estão encerrados.