Publicidade

quarta-feira, 27 de março de 2013 música | 17:40

Páscoa com o Lollapalooza

Compartilhe: Twitter

O Hives "voando" em show na Austrália - Foto: Getty Images

Os números são intermináveis e superlativos, como em qualquer grande festival pop. Mais de 80 atrações, público estimado na casa dos 180 mil etc., são alguns dos dados referentes ao Lollapalooza, que chega à segunda edição paulistana neste feriadão de Páscoa.

O iG fez uma seleção de artistas que são destaques do festival. Faço aqui uma lista pessoal, que deixa de lado os headliners e nomes mais conhecidos.

Nas em show em 2012 - Foto: Getty Images

Nas – Não é todo dia que aparece no Brasil um cara como esse nova-iorquino já beirando os 40 anos. Nas pode ter uma carreira, digamos, “instável”, mas é um dos rappers mais talentosos desde sempre. Seu “Illmatic”, lançado láááááá em 1994, é obrigatório. Assim como o mais recente, “Life Is Good”, de 2012. O Kendrick Lamar, por exemplo, melhor rapper da nova geração norte-americana, diz publicamente que queria que Nas tivesse participado de seu primeiro disco.

The Hives – O novo rock ainda vive. Pouca gente deu atenção, mas no ano passado o Hives lançou um disco ótimo, “Lex Hives”. Raivoso, cheio de energia, mas pop ao mesmo tempo. “Go Right Ahead” está entre as melhores coisas já feitas pela banda que um dia nos deu “Hate To Say I Told You So”.

Flaming Lips – A voz de Wayne Coyne está mais para Marina Lima do que para Beyoncé, mas como o Flaming Lips se apoia bastante no instrumental e no visual, esse detalhe perde um pouco a importância. A banda talvez toque uma ou outra faixa de “The Terror”, disco que sai na semana que vem. Mas se lembrarem do hino “Race for the Prize” o show já estará garantido.

Foals – Quando era pouco conhecidos, vieram para um Planeta Terra e tomaram conta do festival. Rock bem tocado, alto, cheio de nuances. Está virando banda grande com o terceiro disco, “Holy Fire”, que traz as ótimas “Inhaler” e “My Number”.

Crystal Castles – Deve ser o show mais “errático” e “caótico” (no bom sentido) do festival. Não dá para prever o que essa dupla canadense fará no palco. No SWU 2011, em apresentação pouco vista, fizeram dos shows mais pesados e nervosos do evento.

Holger, Database, Boss in Drama, Mixhell – Três nomes que reúnem muito do melhor rock/pop/eletrônica feito no Brasil. Todos tocam cedo, então dá para começar bem este Lollapalooza 2013.

Autor: Tags:

4 comentários | Comentar

  1. 54 Rafael 28/03/2013 15:05

    Como é ruim esse projeto eletrônico do Igor Cavalera!

  2. 53 André Lima 28/03/2013 11:52

    Se o Hives fizer metade daquele show divertidíssimo que fizeram aqui uns anos atrás naquele Orloff Festival, já vai valer o festival…

  3. 52 LIVRO CIBERCELULAS 28/03/2013 9:07

    Vale a pena conferir.

  4. Thiago Ney 27/03/2013 18:30

    valeu. abs

  5. 51 Caio 27/03/2013 18:28

    Thiago, essa banda deveria estar no Lollapalooza: http://www.soundcloud.com/sonsdesaturno

    Estão lançando o disco de estreia junto com o primeiro clipe no site da Musicoteca em maio. Vale a pena ouvir…

    Abraço!

  1. ver todos os comentários

Os comentários do texto estão encerrados.