Publicidade

quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014 música | 13:41

O grande Blondie em cover do grande Beastie Boys

Compartilhe: Twitter
O Blondie com a Lily Allen no NME Awards - Getty Images

O Blondie com a Lily Allen no NME Awards – Getty Images

Rolou na quarta-feira, em Londres, o NME Awards, já tradicional premiação comandada pelo semanário britânico. O Arctic Monkeys levou cinco troféus, incluindo melhor disco por “AM” (merecido, aliás, já que é uma obra-prima), a Lily Allen ganhou como artista solo, o Paul McCartney foi premiado como compositor, as minas do Haim foram escolhidas banda internacional, Damon Albarn ficou com uma menção à constante inovação da carreira etc.

Mas o destaque mesmo foi para o Blondie. A banda da eterna musa Debbie Harry foi homenageada com o prêmio Godlike Genius, dado pela contribuição da banda à música (no ano passado quem ganhou foi o Johnny Marr). E a banda fez um mini-show na O2 Brixton Academy.

Oito músicas foram tocadas: “One Way or Another”, “A Rose By Name”, “Atomic”, “Mile High”, “Sugar on the Side”, “Call Me”, “Heart of Glass” e a dobradinha “Rapture”/”(You Gotta) Fight for Your Right (To Party)”, esta a famosa faixa dos Beastis Boys.

Com uma mistura de pós-punk, disco, new wave e rap, “Rapture” ainda soa muito bem. Mesmo se tivesse feito apenas essa música, o Blondie já teria um bom lugar garantido na história do pop.

Autor: Tags:

Nenhum comentário, seja o primeiro.

Os comentários do texto estão encerrados.