Publicidade

quinta-feira, 4 de dezembro de 2014 música | 13:44

A hipocrisia machista de Anitta

Compartilhe: Twitter

“Vou rebolar só porque você não gosta
Se não quiser me olhar, vira de costas
Você vai ter que aturar
Porque eu vim pra te provocar
E para de falar, blá blá blá”.

Os versos acima são de “Blá, Blá, Blá”, faixa que está em “Ritmo Perfeito”, o mais recente disco de Anitta.

Anitta durante gravação do "Altas Horas" - Crédito: Instagram da cantora

Anitta durante gravação do “Altas Horas” – Crédito: Instagram da cantora

A cantora de “Show das Poderosas” (“Solta o som que é pra me ver dançando/ Até você vai ficar babando”) foi ao “Altas Horas” nesta semana, em um programa que tinha apenas mulheres como convidadas (Anitta, Pitty, Fernanda Paes Leme e outras). A gravação foi na quarta (3); a exibição será no sábado (6).

Em certo momento, quando a conversa seguiu rumo para liberdades sexuais, Anitta soltou: “As mulheres dão muito mais em cima dos homens. Invertem-se os papeis. Então os homens não estão mais interessados. Eles pensam: ‘Vou dar em cima pra quê? Daqui a pouco a fulaninha me dá e vem pra cima de mim’. Isso afasta o homem, que pensa que a mulher está ali para pegar todo mundo”, como relata o Ego.

E continuou: “Não falo nem só da roupa. Eu vejo na noite mulheres ficando com homens porque eles estão pagando bebidas caras. Isso é uma coisa que eu acho estranho, e os homens pensam mal das mulheres. Não ficam interessados em ter mais nada com elas. Não acham legal”.

Aí Pitty entrou na discussão: “É o homem que está errado. Ele não tem que achar nada”, e foi aplaudida pela plateia.

Pouco depois, Anitta voltou: “As mulheres lutaram tanto para ter os mesmos direitos. Conseguiram um salário igual aos dos homens, conseguiram votar, conseguiram emprego. Com tudo isso, chegou uma hora em que a mulher quis tomar conta da situação. Elas acham que podem chegar e pegar 50 numa noite e fazer e acontecer. A mulher acabou querendo tomar o lugar do homem em todas as situações”.

Pitty novamente interferiu: “Nós ainda não temos os mesmos direitos”.

Anitta: “Mas estamos quase lá”.

Pitty: “Quase não é chegar lá. Estamos muito longe ainda”.

O que espanta não são apenas o machismo e a ignorância de Anitta. Machismo: é o homem quem tem de tomar conta da relação; mulher que fica com vários homens é galinha etc. Ignorância: segundo pesquisa do IBGE divulgada em outubro, as mulheres recebem 68% da renda dos homens.

O que chama a atenção é a hipocrisia de Anitta. Ela fez essas críticas às mulheres que “estão ali para pegar todo mundo, (…) fazer e acontecer” enquanto usava um microvestido que realmente merece o prefixo. Não consegui entender Anitta. Talvez a “pessoa Anitta” seja diferene da “funkeira Anitta”, que canta coisas como “Hoje eu vou pegar você/ Hoje eu vou pegar/Vem que eu já tô cheia de vontade de fazer acontecer/ Hoje eu vou te enlouquecer”.

Autor: Tags: ,

7 comentários | Comentar

  1. 57 Duda 05/12/2014 10:56

    Acho que não devemos radicalizar, desde que mundo é mundo existe mulheres de todo tipo, isso não é de agora(tá certo que está começando uma mudança significativa), mais o homem pega quem ele quiser é ele que vai saber quem vai fazer diferença e vice-versa.

  2. 56 Paulo 05/12/2014 10:30

    Ismael, acho que você não entendeu os comentários tanto da Anita como de quem escreveu a matéria, leia novamente e tente entender.

  3. 55 Rosana 05/12/2014 10:15

    Além de hipócrita, é sem noção! Anittaaaaaa, acoooooorde pra vida!

  4. 54 Juliano Siebel 05/12/2014 7:49

    Caro iSMAEL, concordo com a parte de sua critica sobre o “comentário … sem profundidade”, talvez o autor não tenha o interesse em aprofundar o assunto pois estaria repetindo o que vários outros jornalistas, blogueiros e criticos musicais já vem falando: o “Funk Carioca” é um genero feito por pessoas semi analfabetas e com pouca educação para pessoas semi analfabetas e, com pouca educação … e o que se espera de pessoas assim: Ignorância.
    Até a Pitty tem mais embasamento para discutir qualquer assunto (desculpe, talves assuntos de “pegadora” não) do que juntando 10 funkeiros. Pior, juntando tanto funkeiro teriamos de queimar a gramatica, o dicionário … talvez sobrando apenas as revistas de fofoca televisivas que por sinal mudaram a linguagem publicada para o “protugues funk” onde se fala e escreve de forma errada sem nenhuma preocupação.

  5. 53 -A 05/12/2014 1:50

    Anitta completamente hipócrita, então o homem é endeusado por pegar 10 numa noite enquanto a mulher é chamada de vadia… se ela acha isso que pare de lançar musicas com esse tipo de letra.

  6. 52 Wanda 04/12/2014 23:20

    Anita é o protótipo do moralismo machista brasileiro disfarçado de liberdade sexual pq usa roupa curta e rebola, patética!

  7. 51 iSMAEL Cesar 04/12/2014 16:37

    Gosto da Anita, como pessoa e como artista. Por isso cliquei no “link” para saber sobre ela. Sinceramente, que comentário mais idiota e sem profundidade deste camarada, nada maus fútil e desnecessário. Lamentável!!

  1. ver todos os comentários

Os comentários do texto estão encerrados.