Publicidade

Arquivo do Autor

sexta-feira, 19 de julho de 2013 música | 16:17

A beleza negra de Lana Del Rey

Compartilhe: Twitter

A pouco tempo de sua primeira apresentação no Brasil, como uma das atrações do Planeta Terra, Lana Del Rey solta o que pode vir a ser o primeiro single de seu segundo disco.

A música, em versão demo, é “Black Beauty”, balada que não foge ao estilo classudo das músicas do primeiro disco da cantora.

“Black Beauty” é, também, o nome de um dos livros mais famosos de todos os tempos, escrito por Anna Sewell. No Brasil editado como “Beleza Negra”, a história do cavalo negro ganhou também incontáveis versões para o cinema.

Autor: Tags:

quarta-feira, 17 de julho de 2013 música | 14:05

Yeah Yeah Yeahs 2013: o que o Brasil vai ver

Compartilhe: Twitter

Cinco faixas do novíssimo “Mosquito”, mais outras 11 dos três discos anteriores. Esse foi o show que o grande Yeah Yeah Yeahs fez na relativamente pequena (800 pessoas) Islington Academy, em Londres, na segunda-feira (dia 15).

Não apenas pelas música em si, mas os shows do Yeah Yeah Yeahs merecem sempre uma atenção especial por causa da performance de Karen O. – como é legal ver uma vocalista que se diverte tanto no palco, diferentemente de 90% de músicos (indies ou não).

O Yeah Yeah Yeahs volta ao Brasil em novembro, para shows dentro do festival Circuito Banco do Brasil (2/11, em BH,  e 9/11, Rio) e como banda de abertura dos Chili Peppers (7/11, SP). Devem tocar por aqui mais ou menos o que foi visto na Islington Academy.

Abaixo, alguns vídeos (em especial de uma versão linda, acústica, de “Maps”).

Autor: Tags:

sexta-feira, 12 de julho de 2013 música | 13:43

Justin Timberlake – "Take Back the Night"

Compartilhe: Twitter

Justin Timberlake em Cannes 2013 - foto Getty Images

Música de festa, climão anos 1970, bem Michael Jackson. É “Take Back the Night”, nova faixa de Justin Timberlake, que o próprio soltou nesta sexta-feira.

“Take Back the Night” puxará a segunda parte do disco “The 20/20 Experience”, que chega às lojas em 30 de setembro (a primeira parte saiu em março).

Justin Timberlake segue em turnê pelo mundo neste julho. Hoje e domingo, se apresenta no Wireless Festival, em Londres. Segue com série de shows ao lado de Jay-Z pelos EUA, passa pelo Rock in Rio (15 de setembro) e continua pela América do Norte até o início do ano que vem.

Autor: Tags:

quinta-feira, 4 de julho de 2013 música | 16:25

Jay-Z: com Beyoncé, Justin Timberlake e ameaça de terrorismo

Compartilhe: Twitter

“I’m an outlaw, got an outlaw chick/ Bumping 2Pac, on my outlaw shit”.

São versos de “Part II (On the Run”, música nova de Jay-Z. O trecho é uma referência a 2Pac, o rapper assassinado em 1996 – “outlawz” era o nome do grupo/turma criado por 2Pac.

Mas “Part II” não é apenas para 2Pac – a faixa traz Beyoncé soltando versos como “I don’t care if you on the run/ Baby as long as I’m next to you/ And if loving you is a crime/ Tell me why do I bring out/ The best in you”. “Part II” traz o casal nº 1 da música pop em uma declaração explícita de amor.

“Part II” é um dos pontos altos de “Magna Carta Holy Grail”, o 12º disco do cantor, compositor, produtor, megainvestidor e marido da Beyoncé, Jay-Z.

O disco mostra o poder de Jay-Z. Ele chamou para produzir as 16 faixas do disco um “all star game” de produtores de rap/pop, como Pharrell Williams, Timbaland, Swizz Beatz, The Dream, J-Roc e Hit Boy.

E, para cantar, além de Beyoncé, “Magna Carta Holy Grail” tem convidados como Justin Timberlake, Frank Ocean e Rick Ross. O disco foi pensado para ser um blockbuster – e já é um. O álbum foi distribuído pela Samsung para um milhão de clientes, de graça. A empresa pagou a Jay-Z US$ 5 por cada disco – ou seja, o rapper embolsou US$ 5 milhões apenas com o acordo (e o disco já sai com um milhão de cópias vendidas). Esperto, não?

Jay-Z está entre os cinco caras mais poderosos da música. Como o amigo Kanye West, ultrapassou o universo do rap e virou astro mundial pop. A avalanche midiática de “Magna Carta Holy Grail” incluiu a exibição da capa do disco na catedral de Salisbury, na Inglaterra, onde está a Magna Carta original Catedral Salisbury, na Inglaterra, ao lado da verdadeira Magna Carta (documento do século 13 pelo qual limitava-se o poder do rei britânico).

E continua. Jay-Z iria fazer uma performance no topo do teatro Ed Sullivan, em Nova York, no próximo dia 8. A gravação seria exibida no talk show de Daid Letterman. Mas uma ameaça de terrrorismo obrigou o cantor a cancelar o evento.

“Magna Carta Holy Grail” ainda será muito discutido durante o ano. Abaixo, “Holy Grail”, música que abre o disco e que traz a voz de Justin Timberlake.

Autor: Tags:

terça-feira, 2 de julho de 2013 música | 12:46

Mayer Hawthorne: do soul ao pop

Compartilhe: Twitter

Mayer Hawthorne - Foto Getty Images

O grande soulman Mayer Hawthorne retorna com mais um disco, o terceiro, em julho. “Where Does This Door Go” destaca-se em relação aos outros dois álbuns do cantor de Detroit por uma forte razão: enquanto “A Strange Arrangement” e “How Do You Do” foram feitos inteiramente por Mayer Hawthorne, este novo é produzido por um monte de gente.

Pharrell Williams, Greg Wells, Jack Splash e Oak colocam as mãos nas músicas de “Where Does This Door Go”, disco que pretende fazer de Mayer Hawthorne um nome grande no pop.  É uma tentativa do cantor de sair do guarda-chuva “soul” e ampliar o foco (e o público). O próprio Mayer classifica o disco como “Steely Dan meets the Beastie Boys”.

Sobre o disco, sabemos que uma das faixas, “Designer Drug”,  já foi liberada. Outra, “Her Favorite Song”, será o primeiro single – e ganhou um remix perfeito da dupla Oliver. Este remix está mais para Steely Dan.

As duas (além do remix) seguem abaixo.

Autor: Tags: ,

quinta-feira, 27 de junho de 2013 música | 16:24

O Franz Ferdinand, em duas novas músicas

Compartilhe: Twitter

Alex Kapranos em show do FF no Coachella 2013 - Foto Getty Images

Das bandas que melhor sabem levar o rock à pista de dança, o Franz Ferdinand está sem lançar disco desde 2009. O grupo retorna no final de agosto com “Right Thoughts, Right Words, Right Action”.

O disco terá dez faixas (veja no final do post), e várias delas vêm sendo tocadas aqui e ali, em shows. A banda soltou duas, “Right Action” e “Love Illumination”, nas versões originais. As duas são puro Franz: quase frenéticas e bem pop.

As músicas de “Right Thoughts, Right Words, Right Action”:

1- “Right Action”
2- “Evil Eye”
3- “Love Illumination”
4- “Stand on the Horizon”
5- “Fresh Strawberries”
6- “Bullet”
7- “Treason! Animals”
8- “The Universe Expanded”
9- “Brief Encounters”
10- “Goodbye Lovers & Friends”

Autor: Tags:

segunda-feira, 24 de junho de 2013 música | 12:17

O Nirvana, pela boca de Jay-Z

Compartilhe: Twitter

Jay-Z lançará “Magna Carta Holy Grail” em 4 de julho e um dos atrativos do disco é a faixa “Holy Grail”, que traz um pequeno trecho da letra de “Smells Like Teen Spirit”, o clássico do Nirvana.

“And we all just/ Entertainers/ And we’re stupid/ And contagious”, canta Jay-Z.

Para usar o trecho, Jay-Z teve de pedir autorização a Courtney Love. “Deixei Jay-Z usar a letras – mas acho que Frances (Bean Cobain, a filha de Kurt e Courtney) vai ficar maluca quando souber”, disse Courtney. “Jay-Z é enorme, e nós somos amigos – não que sejamos melhores amigos ou coisa parecida…”.

Jay-Z soltou uma imagem com a letra de “Holy Grail” (Justin Timberlake empresta a voz na faixa):

Já há algum tempo Jay-Z deixou de ser apenas um grande rapper para se tornar um dos principais popstars do planeta – e marido da Beyoncé, claro. Junto com o amigo Kanye West, é um dos rappers-popstars mais ambiciosos do mundo. “Watch the Throne”, o disco que fizeram juntos, trazia pelo menos duas grandes faixas, “Otis” e “Niggas in Paris”. “Yeezus”, o novo de Kanye, é completamente diferente de tudo o que ele já fez. Vamos ver como será a cartada de Jay-Z.

Abaixo, as músicas do disco.

1. “Picasso Baby”
2. “Heaven”
3. “Versus”
4. “Tom Ford”
5. “Beach Is Better”
6. “FuckWithMeYouKnowIGotIt”
7. “Oceans”
8. “F.U.T.W.”
9. “Part 2 (On the Run)”
10. “BBC”
11. “La Familia”
12. “Jay-Z Blue”
13. “Nickles & Dimes”
14. “Holy Grail” (bonus track)
15. “Open Letter” (bonus track)

Autor: Tags: , ,

terça-feira, 11 de junho de 2013 música | 13:25

E se o Daft Punk existisse em 1920?

Compartilhe: Twitter

A pergunta do título deste post é respondida pelo músico francês PV Nova.

O francês pegou “Get Lucky”, a ótima nova música do Daft Punk, e a reimaginou como se ela tivesse sido feita década a década, desde 1920.

Vi essa sensacional história no Mashable. O vídeo está abaixo. As versões de 1950 e 1990 são as minhas preferidas.

Autor: Tags: ,

segunda-feira, 10 de junho de 2013 música | 18:35

No parque, o grande Stone Roses

Compartilhe: Twitter

Quais são os melhores primeiros discos de bandas pop? Na minha lista, sempre entra o do Stone Roses. São 11 músicas perfeitas, que não apenas marcaram uma época (final dos anos 80, início dos anos 90) mas sobrevivem (muito bem) até hoje.

[imagebrowser id=1]

A memória afetiva fala alto, por isso não ligo muito se a voz do Ian Brown está definhando ou se o áudio do vídeo está sofrível. Não importa. Porque 12 minutos de “I Am the Resurrection” (ou 6 minutos de “I Wanna Be Adored”) melhoram qualquer dia.

O vídeo é do show de sexta do Stone Roses no Finsbury Park, em Londres, na sexta e no sábado – a banda tocou ainda no sábado. Ao lado de PIL, Johnny Marr, Dizzee Rascal, Miles Kane e outros, o Stone Roses juntou 40 mil pessoas em cada dia (os caras podem ser ignorados nos EUA, no Brasil, no mundo inteiro, mas são reis no Reino Unido).

Autor: Tags:

terça-feira, 28 de maio de 2013 música | 19:51

Mais Disclosure: "F For You" e "Grab Her!"

Compartilhe: Twitter

Não está fácil acompanhar a movimentação causada pela novíssima dupla Disclosure.

Como escrevi neste espaço, os irmãos Guy (22 anos ) e Howard (19 anos) Lawrence lançam o primeiro disco, “Settle”, na segunda-feira. E além de “White Noise”, “You & Me”, “When a Fire Starts to Burn” e “Latch” (dá para ouvir todas no Soundcloud dos caras), apareceram mais duas faixas do álbum.

Se as quatro músicas anteriores revelavam uma dupla que sabia combinar clima de pista com vocais pop, “F For You” vai ainda mais fundo nesse clima. “F For You” tem no vocal o Howard Lawrence e é hit imediato.

Já “Grab Her!”, outra faixa de “Settle”, foi tocada pelo Zane Lowe na Radio 1 na segunda-feira. “Grab Her!” tem sample do grande J. Dilla. Dá para ouvir por aqui (depois do 1min40).

O ótimo Boiler Room vai receber um set do Disclosure na segunda-feira. Poderá ser visto online.

Autor: Tags:

  1. Primeira
  2. 10
  3. 18
  4. 19
  5. 20
  6. 21
  7. 22
  8. 30
  9. 40
  10. 50
  11. Última