Publicidade

Posts com a Tag Azealia Banks

sexta-feira, 27 de abril de 2012 música | 12:18

Lana Del Rey + Azealia Banks + Foster the People em uma música

Compartilhe: Twitter

Três das figuras novas mais celebradas do pop, juntas, em uma música.

A história é iniciativa de Mark Foster e Isom Innis, do Foster the People, que também assinam produções dance sob o nome Smims&Belle.

Eles pegaram “Blue Jeans”, hit da Lana Del Rey, adicionaram vocal da Azealia Banks (aquela do hit “212”) e o resultado você ouve abaixo.

Autor: Tags: , ,

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012 música | 09:10

Azealia Banks dispara contra Nicki Minaj e Kreayshawn

Compartilhe: Twitter

Alguém segura a Azealia Banks?

Inquieta e esperta, essa garota de 20 anos nascida no Harlem (como o Asap Rocky; já até falei: o Harlem é o novo Brooklyn) apareceu neste espaço há um tempo, por culpa do hit “212”. A música estourou na Inglaterra e se espalhou pelo mundo. Azealia ficou amiga do Diplo, fez música com o Scissor Sisters, passou a ser convidada para desfiles e… já arruma inimigos.

Nesta semana, Azealia Banks estampa a capa da boa revista The Hundreds. E dispara contra Nicki Minaj, contra Kreayshawn e até contra a respeitada gravadora indie XL.

Sobre Kreayshawn:
“Ela adoraria ser colocada dentro desse ‘rap game’. Mas ela não faz parte disso. Acho que estou aborrecida com essas garotas brancas que estão fazendo esse tipo de música. Se essas garotas fossem negras e fizessem esse tipo de som, alguém acharia interessante?”

Sobre Nicki Minaj:
“A bunda, o cabelo, isso, aquilo, toda essa merda. Até tenho respeito por ela, mas nós já vimos esse tipo de coisa. O que mais ela pode fazer?”

Sobre a XL (Azealia havia fechado contrato com a XL quando tinha 16 anos):
“Durante uns sete ou oito meses eu ficava enviando mensagens e ninguém me respondia, não pegavam o telefone, não respondiam meus e-mails. Nada. Então comecei a ameaçar Richard [Russell, dono da XL]. Tipo, ‘Cara, eu vou arrancar seu pescoço. Responda meus e-mails'”.

***

Quando não está causando em entrevistas, Azealia Banks vai fechando shows pelo mundo. Foi confirmada nos festivais Parklife (Manchester), no ótimo Bestival (Isle of Wight) e no Way Out West (Gotemburgo).

A foto acima e as duas abaixo são do ensaio para a Hundreds. Ao final, veja como foi “212” no Whelans, em Dublin, nesta semana.

Autor: Tags: , , ,

terça-feira, 3 de janeiro de 2012 música | 11:54

Scissor Sisters e Azealia Banks

Compartilhe: Twitter

Aos 20 anos, Azealia Banks fez uma das músicas de 2011 e pode se transformar num dos nomes de 2012.

A música que marcou 2011 é “212”, já comentada neste espaço. Depois, ela foi colocada pelo semanário “NME” como a pessoa mais cool da música no ano, foi escolhida para abrir shows do Two Door Cinema Club em fevereiro e lançará seu primeiro disco, produzido pelo Paul Epworth (Bloc Party, Friendly Fires, Foster the People), ainda neste primeiro semestre.

Não surpreende, portanto, que mesmo uma banda como o Scissor Sisters, aparentemente tão distante do som urban da Azealia Banks, esteja atrás dela.

Ana Matronic, Jake Shears e o restante do SS chamaram Azealia para ajudar “Shady Love” a soar quebrada, contemporânea. Pop periférico tão necessário e urgente já feito por MIA, Major Lazer, Santigold, Gaby Amarantos (por que não?) etc.

“Shady Love” estará no quarto disco da banda, mas “não indica necessariamente a direção do disco e não é o que muita gente pensa do Scissor Sisters”, disse o multi-instrumentista Babbydaddy.

O vídeo de “Shady Love” está abaixo.

Autor: Tags: ,

terça-feira, 8 de novembro de 2011 música | 16:20

Aos 20 anos, Azealia Banks já é uma estrela

Compartilhe: Twitter

Ela tem apenas 20 anos e já é uma estrela.

Azealia Banks nasceu no Harlem (assim como o incrível ASAP Rocky, já comentado aqui; o Harlem é o novo Brooklyn?) e estudou na La Guardia High School of Performing Arts, escola pública em Nova York voltada às artes. Já gravou com o Major Lazer e está para excursionar pelo Reino Unido em uma turnê com o Metronomy.

A música de Azealia Banks é um retrato da cultura teen deste século 21: urbana, inquieta, irônica, produzida a partir de múltiplas referências. Suas faixas promovem um encontro de rap, funk, pop, electro, rock, dubstep. Banks brinca com o improvável – até fez um cover de “Slow Hands”, do sisudo Interpol (vídeo embaixo).

Dá para comparar Azealia Banks com Missy Elliott, mas também com Lily Allen, com Kid Sister, com Bonde do Rolê, com Rihanna e com MIA (quando a MIA era legal).

Ela está soltando músicas há algum tempo, mas vem recebendo (muita) atenção com “212”. A faixa, lançada há pouco, ganhou um vídeo, que foi tirado do YouTube porque a música traz um sample de “Float My Boat”, de Lazy Jay. Azealia e Lazy Jay chegaram a um acordo, e o clipe voltou ao site.

No último final de semana, fez show no Hoxton Bar & Grill, em Londres. Neste vídeo, você vê que a garota não é fraca:

E o cover de “Slow Hands”, do Interpol.

Autor: Tags: