Publicidade

Posts com a Tag lou reed

terça-feira, 29 de outubro de 2013 música | 10:52

Lou Reed, Twin Shadow, Hot Chip, Tears for Fears: covers

Compartilhe: Twitter

Os dois covers que aparecem neste post são de alguma forma surpreendentes.

O que o Tears for Fears faz para “Boy from School”, do Hot Chip, por ser bem diferente do que a veterana banda costuma fazer. É uma versão delicada, até meio tímida (no bom sentido, claro).

Já o Twin Shadow homenageia Lou Reed colocando um clima onírico ao hino “Perfect Day”. Ficou linda.

Autor: Tags: , , ,

domingo, 27 de outubro de 2013 música | 15:38

Lou Reed – o anti-herói do rock

Compartilhe: Twitter
Foto: Getty Images

Foto: Getty Images

Lou Reed morreu neste domingo, aos 71 anos. A triste notícia veio por meio da Rolling Stone. Ainda não se sabe a causa da morte – o agente do cantor, Andrew Wylie, disse ao New York Times que acredita que tenha relação com o transplante de fígado pelo qual Reed passou em maio.

A principal imagem que eu associo a Lou Reed é a de um anti-herói. Dos maiores que o rock já teve.

Como vocalista e combustível do Velvet Underground, Lou Reed nos mostrou que o rock não precisava ter tintas pop nem psicodélicas nem românticas. Lou Reed aproximou o rock do cotidiano urbano, sujo, que não tolera a fraqueza. Fracassados, travestis, prostitutas, larápios: esses eram muitos dos personagens que ilustravam as letras de Lou Reed.

Mas essa paisagem dura e até desesperançosa era desenhada com lirismo e com uma melancolia de cortar o coração. É só ouvir “Sister Ray”, “After Hours”, “Sweet Jane”.

A carreira solo de Lou Reed não foi menos importante. “Walk on the Wild Side” e “Perfect Day” são dois hinos do rock, mas reduzir Reed a esses hits seria um crime. O disco “Transformer” é perfeito; “Lou Reed” tem momentos brilhantes; “Berlin” é daqueles álbuns em que não podemos pinçar canções – é para ser ouvido por inteiro.

Lou Reed não fazia questão de ser simpático, não fazia média, não procurava o caminho mais fácil. Por isso ficou estereotipado como antipático, mal humorado, ranzinza. Pode ser. Mas já li depoimentos que revelam um Lou Reed bem diferente, doce e gentil.

Seja como for, Lou Reed era dos grandes. Uma perda enorme.

Autor: Tags: